Restaurante Parador das Tropas

Aqui fazemos a legítima costela fogo de chão
 
SAIBA MAIS
RESTAURANTE

Parador das Tropas

 

A primeira vez em que a costela em fogo de chão foi saboreada, segundo o historiador inglês Roderick J. Barman – autor do livro Princesa Isabel no Brasil – foi quando a herdeira do trono, princesa Isabel, e o Conde d’Eu passaram a receber às segundas-feiras em sua casa, a partir do ano de 1877, políticos importantes, diplomatas estrangeiros e intelectuais conhecidos.

Nestas recepções maiores às segundas-feiras, era constante a companhia de Dom Pedro II, e o mesmo, após as reuniões, confidenciou ter feito uma refeição em uma de suas viagens ao interior da província.

Nesta província Dom Pedro II comeu carne assada em fogo de chão (costela de vacum) – tendo simplesmente se deliciado – nos reconta o historiador Barman.

Após as confidências do Imperador sobre o magnifico prato, foi solicitado aos serviçais que executassem a confecção da iguaria, resultando no famoso prato da costela em fogo de chão.

Após pesquisar o local de viagem onde foi saboreada aquela guloseima, localizou-se, em 25 de maio de 1880, como sendo a localidade de São Luiz, hoje o distrito de São Luiz do Purunã – PR.

Atualmente o prato constitui-se programa principal da região e é ofertado em muitos restaurantes de Curitiba.

Curta uma de Imperador! Você pode se deliciar com a verdadeira e original carne, servida pelo Hotel Fazenda Cainã no Restaurante Parador das Tropas – há pouco mais de meia hora da capital paranaense.

 

Horário do almoço

12h00 as 14h00

Atendemos somente mediante reserva prévia via e-mail

Aberto ao público